A ‘cura gay’ e os texanos do futebol

Começo a desconfiar que é mais fácil a ‘cura gay’ do que a conversão de um ‘texano’ adorador do futebol brigado, do calção embarrado, do volante sedento de sangue, das pernas lanhadas por travas criminosas e dos chutões que levam a bola, coitada!, a cruzar o campo de tudo que é jeito.

O ‘Texas’, no futebol, para quem não sabe, é o Rio Grande do Sul. Inspirada criação do blog cornetadoRW.

Aqui vicejam os texanos, defensores fanáticos do ‘centroavante aipim’, figura tosca, gigolô do talento alheio e que de vez em quando decide um jogo após 300 cruzamentos para a área. Está em extinção, mas os poucos que restam sempre conseguem bons empregos, ainda mais aqui Abaixo do Mampituba.

Ah, eles defendem que se jogue fora de casa buscando sempre o empate, no esquema ‘por uma bola’, para decidir em casa. Renato contrariou essa lógica e foi campeão da Copa do Brasil.

Os texanos acreditam que são detentores da fórmula para vencer a Libertadores. Animicamente os jogadores precisam entrar em campo com sangue nos olhos, faca na boca e o coração na ponta da chuteira. Nenhuma palavra sobre qualidade técnica.

O modelo do time campeão da Libertadores não pode prescindir, segundo eles, do volante cabeça de área, quebrador de bola e de canelas inimigas. Sim, inimigas.

O primeiro mandamento do estilo texano de jogar é que o time do outro lado não é adversário, mas um inimigo a ser exterminado. Ou quase isso. Então, vale tudo para matar uma jogada.

Entrar com as travas da chuteira erguidas numa dividida é o cartão de visitas e deve ser exibido logo nos primeiros minutos, porque na Libertadores – defendem os texanos – é raro o juiz dar cartão vermelho na primeira entrada desleal.

Até pouco tempo, quando o Grêmio jogava um futebol bonito e ao mesmo competitivo, os texanos andavam meio encolhidos, inibidos, embora alguns de vez em quando se traíam. Tanto pediram por um centroavante ortodoxo que o Grêmio contratou Bobô. Foi o início do fim do técnico Roger, que até então estava se dando bem com atacantes de movimentação.

É evidente que há lugar para atacante de área num grupo, até como alternativa de jogo. Até um volantão pode ser útil quando o jogo estiver encaroçado.

Mas o que torna um time campeão de uma Libertadores ou outra competição qualquer é a qualidade e o empenho de seus jogadores, a capacidade do seu treinador e a força de sua torcida.

Contra o Botafogo, adversário que seria batido já no jogo de ida se Luan e Geromel tivessem jogado, o Grêmio garantiu a vitória e a classificação à fase semifinal da Libertadores não apenas porque foi valente, guerreiro e raçudo – como apregoam os texanos -, mas principalmente porque teve, apesar da ausência de seu craque, Luan, qualidade suficiente tanto do time como do seu treinador para superar as adversidades que foram surgindo.

Que o técnico Renato Portaluppi mantenha o tipo de jogo que aplicou até agora – houve algumas exceções motivadas por desfalques -, sem cair na conversa dos texanos. Estes, sim, precisando de tratamento para entender que o futebol mudou.

Como ensinava o botafoguense Neném Prancha, “bola tem que ser rasteira, porque o couro vem da vaca e a vaca gosta de grama”.

 

Se gostou, compartilhe!

  • wilson santos

    Renato adora um aipim, ( Jael ). Seria pra ele o texto?

    • Ilgo Wink

      Eu sou a favor de ter um aipim como última alternativa, entrar na hora do desespero. Jael é um aipim típico.
      O texto nada tem a ver com Renato, e sim com um pessoal que anda opinando por aí, a começar pelo multicampeão Cacalo, que gosta de volentão e aipim. Um direito dele, aliás.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Respeito muito o Cacalo pela sua impagável história de sucessos desde os anos 80, mas esse papinho dele de aipim e volantes quebradores de bola que sujam a bunda no chão, já cansou demais.

      • wilson santos

        Jael é pra entrar faltando 5 min, na hora do desespero.
        Com a volta dele, quem perde é Beto Silva, que começava a ter mais oportunidades.

    • Rodrigo Mello

      Jael é caso perdido,o pessoal confunde centroavante do futebol moderno (muito mais dinâmico) com o do passado, onde o Centroavante aipim se criava, pois era época dos Ponteiros. Barrios é exemplo do atacante moderno e não tem substituto à altura no momento, torço muito pro Everton se firmar.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Idem.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Wilson, Jael é um caso perdido. Esse cara não farda no Juventude.

  • Augusto Feltri Carrist

    Texto direcionado ao Renato Gaúcho, q adora o Jael, esse q nao faz um gol nem depois de 300 cruzamentos kkkkkkkkk

    • Ilgo Wink

      Aipim ruim é dose

  • Antonio

    Agora é deixar Luan e Geromel 100% que o resto se ajeita. Apesar que por aí tem alguns que acham que o Gremio não devia aproveitar o tempo disponível para recuperá-los fisicamente e botar jogoar contra o Bahia prá ver se se quebram duma vez.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Grande Antônio, os anti-Grêmio e a IVI, piram com isso.

      Amigo, tenho um irmão que é Mestre em fisiologia a 28 anos, e diz em suas palestras que é impossível num país continental igual o nosso qualquer atleta suportar treinos, viagens longas com mais de duas horas, concentração, jogos, retorno em sequência sem sofrer riscos enormes no organismo.

      Por isso eu respeito os profissionais da área e nem discuto esse assunto com “alguns” que vc citou aí sabiamente.

      • Antonio

        Baseado no que tu diz e com a experiência de teu irmão, podíamos sugerir para o Ilgo fazer uma postagem a respeito de fisiologia no futebol. Especialmente sobre este assunto “poupar”. O que acha?

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Antônio, eu acho uma boa trazer um especialista aqui para tratar desse assunto “com verdades”, pois o que tem de entendidos por aí acusando até o roupeiro do Grêmio pela queda das Torres gêmeas em 11/09/2001 é uma farra.

          E viva a harmonia do Blog com o Grêmio na semifinal da Libertadores com o PENTAluppi. Os anti, pira. Oremos …. !!!!!

  • Humberto Ramos Roman

    Eu gosto muito de aipim com linguiça blumenau.
    E não descarto um aipim para a hora do desespero.
    Tipo um Jardel, por exemplo.

    • Eder

      Só não vale aipim tipo Jael.

      • Rodrigo Mello

        Concordo contigo, o problema do Jael é que além de menos letras tem muito menos futebol comparando com o Jardel, aposta que dificilmente vai dar resultado.

    • Ilgo Wink

      E um Damião?
      Esse eu tô passando…

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Quem é Damião, Ilgo ?????

      • Humberto Ramos Roman

        Quem é Damião Ilgo?

      • Detective

        Quem?

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    Ilgo, o aipim Jael não me convence nem se o Grêmio vencer o Bahia em Salvador e ele pedir música no Fantástico pro Tadeu Schmidt no domingo.

    O melhor time que temos no momento, é:

    Marcelo Grohe, Edilson, Geromel, Kannemann e Cortêz.
    Michel, Arthur, Ramiro, Luan, Fernandinho ou Arroyo e Barrios.

    Pela fase irregular do Ramiro, eu testaria o Christian porque acho que ele pode encaixar nesse meio campo do Renato e é um jogador com bom arremate de longa distância.

    Precisamos recuperar Geromito e Luamito fisicamente para a Libertadores e eles deverão jogar à partir de 30/09 para pegar ritmo “sem riscos” e aos poucos como deve ser após lesões musculares.

  • Rezende

    A ivi anda chutando a torto e direito a escalação do Grêmio contra o Bahia no domingo…
    Cheguei a ouvir de um biltre destes da Maragata Gaúcha, que ajeitando seu lencinho vermelho para falar, dizia que a escalação mais forte do Renato dependeria de um empate ou derrota do Corinthians contra o São Paulo no jogo das 11 horas…
    Caraglio, a Libertadores passou e só volta dia 25 de OUTUBRO !!!
    Por que diabos o Grêmio iria “poupar” titulares neste domingo ???
    Tirando Luan e o Barrios, me espanta poupar o Geromel. O Cortez mais ainda.
    Geromel jogou a partida inteira, começou mal porque tinha ficado quase um mês sem jogar, estava sem ritmo de jogo e só. OU NÃO ???
    Se o Renato quer revezar os goleiros BELEZA, dar chance e ritmo ao Paulo Victor é meritório, mas poupar o Marcelo Grohe??? Que Palhaçada seria essa… O cara é GOLEIRO !!!

    MAIS absurdo é poupar o Edilson, pior será ele não jogar e o Renato escalar o Léo Moura no meio e a lateral direita ficar com o 100% NEGATIVO do Leonardo, na BOA este não pode mais fardar…

    Outra coisa que está uma ZORRA é com a escalação dos volantes, SE o Michel jogar seria um completo ABSURDO colocar o Cristian de primeiro e deslocar o TITULAR para segundo volante.

    Se for para poupar ALGUÉM, este alguém evidentemente seria o RAMIRO que anda sacrificado e em fase no máximo regular.

    POUPAR o ARTHUR seria caso de multa no Renato, se ele vier de novo com aquele papinho ridículo que um guri de vinte e poucos anos estaria cansado ou desgastado.

    O ideal seria aproveitar o jogo com o Bahia para POUPAR o Ramiro e TESTAR o Arthur mais adiantado na função do Ramiro.

    Cristian é volante de pé direito, Michel é volante de pé esquerdo. Se jogarem juntos como primeiro e segundo volante o LÓGICO seria manter o atual titular como primeiro volante.

    Outra coisa que não dá para ENTENDER é poupar o CORTEZ, Isto está cheirando a revival do MO.

    O que o Renato DEVERIA estar PREOCUPADO é manter o seu titular é experimentar um dos volantes volante (o Michel ou o Cristian invertido) mais posicionado à esquerda para cobrir as subidas do Cortez e suprir a FALTA do apoio do Pedro Rocha.
    Fernandinho ou Éverton pela esquerda não vão fazer essa função um volante tem de ter o encargo extra de cobrir e recompor os avanços do lateral esquerdo titular. E esta mecânica tem de ser acertada e treinado.
    Ou o plano é voltar o mais “defensivo” (pausar para rir KKK) Marcelo Oliveira.

    Renato deixa o Cortez jogar e se tu queres dar ritmo ao MO e poupar o Arthur (não sei porque) faz um trio de volantes Michel, Cristian e Marcelo Oliveira…
    LEMBRA? O barbudinho é volante. VOLANTE !!!

    Patrick jogaria na posição do Luan, por enquanto, até ou Douglas aparecer para jogar.

    Mas o que vai me irritar MESMO é se RENATO fizer amanhã em Salvador a ABOMINAÇÃO que a ivi está propondo…

    Além de poupar o Barrios (que está muito manhoso ou em mau estado físico) pois cai em campo numa frequência preocupante nos seus últimos jogos no Grêmio… (mas nos da seleção paraguaia não fez o seu conhecido teatrinho)
    Renato não escalaria Artur !!!
    Escalar o Grêmio com dois volantes mais Patrick e 3 atacantes Everton, Jael e Fernandinho é caso para dar uma bordoada no Renato. Que diabos ele pretende com uma escalação desta ???
    ESPERO que esta formação RIDÍCULA seja coisa da ivi, me recuso a acreditar que a esta altura da temporada se exagere novamente na POUPAÇÃO de jogadores titulares e ainda por cima se escale o Grêmio com três atacantes, dois volantes e um guri que recém saiu da base no meio sem um jogador de suporte ao seu lado.

    MESMO o DOUGLAS na sua melhor fase FRACASSOU após a saída de Giuliano ainda com o Roger Machado, sofre o cão até o Renato tirar da sua cartola a solução Ramiro=Giuliano.
    Não será, neste estágio, que o pobre guri Patrick vai sustentar o jogo do GRÊMIO para três atacantes a sua frente e só com dois volantes atrás dele (sendo um o Cristian que ainda nada sabemos do que está jogando no momento) e sem ninguém de suporte ao seu lado.

    Renato PELAMORDEDEUS testa o Arthur no lugar do Ramiro e escolhe só dois dos três atacantes disponíveis Fernadinho, Everton e Jael.

    NÃO INVENTA esquema mirabolante para manter seu peixe jogando, POUPA O FERNANDINHO CONTRA O BAHIA…

    • Heraldo

      O cara não acerta nem o numero par entre 1 e 3, vem com textão desmerecendo o trabalho de todos na equipe técnica do GRÊMIO

      • Rezende

        Não estou desmerecendo nada, estou FALANDO ANTES do jogo, baseado nas escalações escrotas especuladas na ivi.
        Como disse, ESPERO que Renato não poupe titulares só por poupar e que USE o jogo para resolver os VÁRIOS problemas(detalhes) que o Grêmio tem.
        E que ele sabe e admite.
        E não INVENTE.
        ERRALDO, se ler texto grande dá dor de cabeça nos teus dois neurônios mancos NÃO LEIA o que eu posto, não é para ti mesmo…

  • gremiocampeaomundial

    “Se Luan e Geromel tivessem jogado…”

    SE isso… SE aquilo… o “SE” – escalado e adorado por 11 entre 10 “filósofos” do futebol – tem um conhecido problema: nunca entra em campo. E os grandes tem que se virar com o que tem pra hoje porque o trem da história não espera até amanhã.

    Não sou adepto de vários dos “mandamentos Texanos” mas gosto de GANHAR. O resto é papo. E se alguns parecem viver numa abstração criativa do Texas, outros parece que não vão ficar satisfeitos até que a base se transforme em La Masia.

    Por mim… (só por favor não esqueçam de buscar o Messi, de resto podem alucinar à vontade com toque de bola infinito e, se por algum milagre essa enrolação infrutífera começar a GANHAR jogos sem ele, será muito bem-vinda da minha parte também).

    • Fabio Victoria

      Acusou

  • Patrick

    Galera, não se irritem pelo Brasileiro… o que eu previa se confirma… assim que os manos precisarem de uma mãozinha eles vão ajudar… hoje contra o SPFC o juizão avacalhou até os manos encontrarem um golo de empate.

    Esse é páreo corrido.

  • GremioSempre

    Bonito foi assistir os comentários dos ditos comentaristas de esportes da Fox colocando 100% da bancada como franco favorito Botafogo e ainda mais colocando o Botafogo como muito candidato ao titulo da LA. Quando mais eu escuto e vejo estes ditos repórteres esportivos mais eu entendo porque tem torcedores que ficam tontos quando um jogador sai por esforço físico ou é vendido ou se muda o esquema tático para uma competição ou jogo especifico etc…. existe filiais do texas espalhadas em todas as províncias da republica dependendo de seus interesses e sifra$ se é que me entendem….