Inferno zodiacal e o gol salvador

Já faz algum tempo que o Grêmio atravessa uma zona que pode ser definida como inferno zodiacal. São lesões que se sucedem, desfalcando o time em momentos importantes como a final da Copa do Brasil (o que foram aquelas cobranças de pênalti?) e avançando também sobre a Libertadores, e jogos com resultados não compatíveis com o que aconteceu em campo. Ou seja, o time cria chances de gol, tem tudo para vencer, mas acaba perdendo.

Neste domingo, antes do temporal que castigou o Rio Grande e me deixou sem luz durante quase toda a noite, o Grêmio por detalhe não foi penalizado com outro placar desfavorável, agora diante do Fluminense, na Arena, mesmo tendo criado o maior número de situações de gol, consagrando o goleiro Diego Cavalieri.

O misto que Renato Portaluppi conseguiu armar – sem jogadores como Lucas Barrios, Luan, Michel e Kannemann – mostrou um futebol até surpreendente. Fosse em outros tempos mais favoráveis, a bola teria entrado ainda no primeiro tempo em pelo menos uma oportunidade. Na verdade, o Grêmio poderia ter liquidado o jogo nos primeiros 45 minutos.

No segundo, na ânsia de marcar e acabar com a série de resultados adversos, o time continuou superior, mas deu espaço para o Fluminense criar e assustar. Numa das situações Dourado recebeu livre pela esquerda, dentro da área, e chutou cruzado, rasteiro, para Marcelo Grohe, o ‘braço curto’ como dizem seus detratores , desviar para escanteio.

Foi a grande defesa de Grohe no jogo, uma apenas contra meia dúzia de Cavalieri, a quem o técnico Abel Braga deve agradecer por não sair humilhado pelo mistão tricolor.

Além dos 3 pontos, que mantém o time na ponta de cima e aí tudo pode acontecer, foi importante conferir o futebol dos garotos da base: Patrick e Jean Pyerre mostraram que são bons jogadores e que podem ser úteis. Considero que Patrick merece e deve ser inscrito na Libertadores. Patrick tem características mais ofensivas, enquanto Jean Pyerre é mais um articulador, muita habilidade no trato com a bola. No decorrer dos jogos do Brasileirão ele até pode conquistar uma vaga no grupo da Libertadores.

Gostei do estreante Cristian, um volante que admiro faz tempo. Ele foi discreto, mas eficiente. Saiu sentindo lesão.

Na frente, destaque para Éverton. Ele cometeu alguns erros, mas no cômputo geral foi muito bem, participando dos lances mais fortes do time no ataque, inclusive no lance do gol de Beto Silva. Éverton com sequência deixará de ser tão ansioso e poderá dar uma resposta tão boa ou até melhor que a de Pedro Rocha.

Beto Silva ficou pouco tempo, mas no gol ele foi rápido, teve a intuição da jogada e categoria para desviar do goleiro.

Tenho minhas dúvidas se Jael teria a mesma capacidade para fazer o gol. Mais uma vez ele ficou sem receber aquela bola para mostrar se é mesmo matador. Mas o que ele mostrou até agora me faz acreditar que não será inscrito na Libertadores. O Grêmio martelou para vencer, e só conseguiu o gol quando não tinha a figura do centroavante.

Pode ser coincidência, mas o fato é que um time com atacantes de movimentação, boa técnica e inteligência é mais efetivo que um time com o tradicional camisa 9, ainda mais se for um como Jael, que até agora não mostrou nenhuma virtude especial que justifique sua inscrição na Libertadores. Mas vamos acompanhar, sem preconceito, porque ainda há tempo para mais observações.

No mais, torcendo para que a fase negativa esteja terminando.

A ‘ESCOLHA’ DE RENATO

Leio e ouço por aí muitas críticas ao Renato por ter indicado o Jael.

Vou fazer um revelação: a direção do Grêmio colocou três nomes à disposição de Renato para contratar imediatamente. Ele optou por Jael.

Os outros nomes: Suarez e Ibrahimovic.

Vou desenhar: será que se fosse possível Renato não teria indicado um atacante de melhor qualidade?

Se gostou, compartilhe!

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    Grande Ilgo Wink ….. !!!!!

    RENATO TIRANDO LEITE DE PEDRA

    Bom jogo com 6 reservas e jogando com 10 jogadores, pois o Jael não pode fardar nossa camisa devido a falta de visão e completa incapacidade de jogar futebol em alto nível desde que Renato chegou e ajeitou a casa bagunçada pelo Roger depois de um ano de sucesso, mas nenhum título, nem de Vice de ”alguma coisa”, aí, dançou.

    Mesmo com tantos desfalques, e o time não vindo bem nos últimos jogos, Renato conseguiu com um time muito modificado se impor e o 1º tempo saiu barato demais para o Fluminense que foi acuado em seu campo com ótimas chances para o Tricolor, e 0x0 foi injusto pelo que o time produziu e pela excelente atuação do goleiro Cavalliere.

    É incrível como a queda de produção do time sem o meio campo Campeão de 2016 com Wallace, Maicon e Douglas fez o Ramiro cair de rendimento, porém, hoje pela direita ele jogou muito mais e é ali que ele produz seu bom futebol, e acrescemos nisso aí ainda as saídas de Pedro Rocha em definitivo, Edilson, Bárrios, Michel e Luan por lesões e o Renato tem que se virar nos 30.

    Mas ….. aí vem ”alguns sábios” da urubulândia batizada pelo ótimo Ilgo Wink e as Marias Maricotas batizadas pelo odiado (porque? Só eu sei ….. kkkkk) Copião de Tudo com suas teses burras de ”querer ajudar” com cornetas diárias e sempre comentando ”os resultados”, assim, é fácil demais opinar usando sempre o ”SE” fizesse isso, ”SE” fizesse aquilo, mas o ”SE” sumiu após o título do Penta com Renato tirando o time DA FILA de 15 anos. Pois é.

    Hoje, tivemos algumas boas atuações e só o Jael destoou dos demais e gostei do Geromel, Christian, Bruno Rodrigo, Éverton, Cortêz, Beto da Silva pela presença no gol, mas o Patrick é nosso menino de ouro e a Bola da Vez, tem muito futuro. É isso.

    Boa semana à todos, a urubulândia pira nas vitórias (kkkkk) ….. !!!!!

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    Coluna do Gubermann no RW

    Bah, hoje o bom Gubermann nos dois últimos parágrafos de sua coluna dominical no Corneta do RW detonou com os urubus e Marias Maricotas que se deixam levar pela IVI e saem por aí levantando hipóteses sem nenhum conhecimento profundo das causas e razões com que isso acontecem nas lesões do Grêmio, e disse com muita clareza que não é algo a ser encarado à ligeira, todo cuidado é pouco”, pois a IVI continua batendo forte no clube porque realmente estamos ”incomodando” demais nessa gangorra.

    ”Já conclamei várias vezes, olhem e ”filtrem” as notícias plantadas pela IVI. Continuemos ativos & combativos, pois só assim conseguiremos contorna-los e faze-los arrefecer e é algo que merece nossa atenção e vigilância nesse momento de tamanha perseguição ao clube pelas mídias”, completou.

    Achei muito interessante, gostei, pois é assim que vejo uma fatia de Gremistas tentando de qualquer jeito defender suas teses contra qualquer que se o momento negativo do time nesta gestão administrativa & técnica, aí, na derrotas é muito fácil criticar e tocar flauta ou até cornetear tudo que o clube está fazendo. Oremos ….. !!!!!

    • GremioSempre

      Copião bem mais fácil alguns criticarem a fu… os erros do que os acertos faz parte do ser humano rancoroso e infeliz.

  • Ricardo

    Opa… o Jael teve uma chance claríssima, um “mumu” do Ramiro, era só encostar pra dentro e ele isolou!

  • FePoa

    Caraca…se se ele escolheu o jael, o que raios de indicações foram as outras…

    • Daniel Scherer

      Na verdade não importam as outras, importa que ele indicou Jael. Este é o erro.

  • Rezende

    O que Renato provou, para mim pelo menos, colocando o Jael para jogar quase duas partidas inteiras após 6 meses totalmente parado (tendo OUTRAS opções e mandando o Dionatã de volta para o transição) quando sua prática é demorar 3 ou 4 partidas SEMPRE entrando aos poucos para QUALQUER UM quando volta de uma contusão mixa qualquer é que JAEL tem o mesmo ‘”STATUS” do outro jogador que joga TODA HORA, tem dezenas de chances e inclusive pode jogar até duas vezes no mesmo dia e que raramente é poupado como foi neste DOMINGO…
    JAEL é tão PEIXE de Renato quanto o é FERNANDINHO…

    Pelo que vi, minha aposta infeliz (mas baseada nesta realidade percebida) é que nos próximos 10 jogos do Grêmio veremos a dupla de peixes JAEL E FERNANDINHO em campo simultaneamente no mínimo em pelo menos dois ou três jogos por um bom tempo de jogo.
    Se o Barrios continuar em má fase física saindo todo jogo antes do final das partidas, ou pior se contundir, aí então vai ser uma OVERDOSE de JAEL E FERNANDINHO…

    Espero estar errado, POR FAVOR me desminta nessa Renato.
    MAS, por hipótese, senhores façam suas apostas…
    Quantas vezes ainda veremos Jael e Fernandinho em campo até o fim de Novembro ???

    • Heraldo

      Só foi o Fernandinho não jogar que o time melhorou, agora só falta o presidente mandar o Jael de empréstimo para o íbis urgentemente.

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        Concordo com o 1º parágrafo, pois não sou médico.

        • Rezende

          Esta é desculpa padrão para qualquer médico incompetente..

          Tu não é médico, tu não entende e portanto não pode opinar…

          ALIÁS muitos ex-jogadores de futebol (Renato incluído) A-DO-RAM dar este tipo de letrinha esperta quando são questionados nas suas decisões ERRADAS no FUTEBOL, não sabemos 10% do que misteriosamente ocorre dentro do clube…

          Cansei de ver casos de procrastinação de tratamento médico cirúrgico em prol do maldito tratamento conservador e de fisioterapia no GrÊmio que resultaram em temporadas inteiras de jogadores-zumbi em campo se arrastando com problemas que poderiam ser resolvidos em 1 a 3 meses com cirurgia e ainda voltar na reta final da temporada AJUDANDO a equipe…

          PARECE que com o caso de Maicon e agora de Michel a coisa PODE estar se modificando dentro do DM do Grêmio, para minha felicidade como torcedor.

          SEMPRE disse que se o cara tem problema a FACA é quase sempre a melhor solução num esporte COMPETITIVO, COLETIVO E ONDE SE TEM ELENCO e a fisioterapia é para colocá-lo em forma o mais rápido de volta. Manter um cara “com problema” é de uma burrice equina.

          A Medicina esportiva evoluiu MUITO, o exemplo maior é a Artroscopia, onde jogadores voltam a atividade (quando bem sucedida) em 10 ou 20 dias pela EVOLUÇÃO da técnica médica, menos invasiva e MUITO mais precisa.

          TOMARA que o Grêmio esteja a caminho de ACABAR com esta política preferencial médica do tratamento conservador e de fisioterapia para todos os casos.

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Por isso que não discuto medicina, Resende, pois me sinto igual a você neste assunto onde desconheço 90% dos problemas.

          • Rezende

            Neste caso eu discuto pois a Medicina ali é mero auxiliar/executor do Clube cujo o objetivo é o Futebol de competição.
            As ações e consequências das ações do DM Gremista à ANOS estão descompassadas dos objetivos esportivos do clube e subordinadas a visão e interesses outros…

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Por isso que eu rezo tanto. Oremos ….. !!!!!

  • Pedro de Lara

    Copião, nosso Chico Aniso das redes, fazendo sucesso ao ser lembrado pelo jornalista de web do ano no Premio Press. Aproveita e vota: http://revistapress.com.br/v15/index.php/colunistas/

    http://cornetadorw.blogspot.com.br/2017/10/saudades-do-colao-de-tudopedro-rocha-x.html

    • GremioSempre

      E paaaaaixão pelo Copião… “Larinha qué qué qué” sempre lembrando do seu amor !

      • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

        kkkkk, o Pedroca bloqueado surgiu ”de novo” por aí ????? Mas o time do Renato ganhou o jogo ontem, o que será que ele veio fazer aqui, meu véio ?????

        É, amigo, acho que precisamos demitir o Renato PENTAluppi urgentemente e trazer o Roger Sinpof Machado de volta para acalmar a urubulândia, e é culpa do Copião.

        Que fase, amigo ….. que gangorra ….. que ano ….. culpa do Copião. Oremos ….. !!!!!

  • Pedro de Lara

    E o Corinthians, ein?… pedindo pra jogar o título pelo ralo…
    Que pena.
    Como disse o Gustavo Medeiros em outro post: que a direção lembre que no ano que vem, provavelmente, teremos as mesmas competições.
    Quem sabe um plebiscito para decidir o que a torcida quer ganhar ou sobre os riscos que o clube deve correr se disputar TODAS para ganhar.

    E.T.: gostaria que o Ilgo tivesse tido a mesma condenscendência com o Roger, quando sugeriu os baratinhos que TAMBÉM não deram certo no ano passado.

  • Marcos lena

    me parece que o Renato vai correr todos os riscos de morrer na mão do JAEL – Já era ?

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Não acredite nisso.

  • Antonio

    Não se esqueçam que a fila anda. Já estão vindo aí Patrick e Jean Pierre. É pouco? E Beto da Silva também provou que pelo menos é oportunista.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Antônio, tem também Dionathan, Machado, Kaio ….. tudo tem seu tempo, aí, amigo, me lembrei da pressão que fizeram para o Marcelo Hermes que hoje está na reserva da segunda divisão portuguesa e pro Junior Tavares, uma peneira na ala esquerda defensiva do SP durante 26 rodadas “quase” rebaixado neste momento. Pois é, e seguem “as teses”. Abraço.

  • Gustavo Medeiros

    Nosso amigo RW está escrevendo para todos os amigos.

    Precisa de ajudar para descobrir quem é o Colão de tudo, que encheu as pitangas pedindo o Bobô.

    Leiam aqui o relato http://cornetadorw.blogspot.de/2017/10/saudades-do-colao-de-tudopedro-rocha-x.html

    Por acaso, ao passar por uma velha biblioteca, na área proibida, tinha uns papiros antigos que falavam sobre o tal Colão. Um fragmento da sua mensagem, que consegui traduzir, dizia o seguinte:

    “Confiança total no Romildo e sua austera e necessária gestão, pois nosso bom treinador conseguiu a proeza de ajudar a premiar o Galhardo com a Bola de Prata da posição, e conseguiu tirar muito de Eraso, Thiery e Bressan que jogaram bem ao lado do ótimo Geromel, além de fazer o mediano Douglas e o limitado Pedro Rocha jogarem muito no 1º turno do brasileirão e com bons lampejos no 2º turno (méritos do Roger), mas o homem de frente já está dentro de casa e chama-se Bobô que mostrou potencial e precisou de um tempo para se readaptar ao Brasil depois de 6 temporadas na europa.

    • Jorge B. Vieira

      As pessoas são eternamente responsáveis pelas palavras. Limitado Pedro Rocha que vale 12 milhões de euros e os gremistas, não chapas brancas, choram a venda. Se o limitado vale 12 qual éno valor do extraordinário Jael, que o seuAlgoz atribui 10 (dez) no jogo de ontem?

      • Luis Augusto Waschburger

        Se o tal do Seu Algoz (que é irmão do Ico, é isto?) deu 10 pro Jael, é sinal de que será mesmo inscrito na LA?

        • Gustavo Medeiros

          Tenho certeza que foi erro de digitação. Esqueceu da vírgula “,”. A nota correta seria 1,0.

          • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

            Não, Zepka ….. foi apenas mais um sarrinho que ele tirou da cara da galera, pois uma nota de 1,0 para Jael é alta de mais.

          • Luis Augusto Waschburger

            pior que não…

      • Antonio

        Foi uma ironia dele o 10 pro Jael

        • Luis Augusto Waschburger

          pior que não, hein…

          • Antonio

            Não tenho nada a ver com o cara, mas veja o que disse o Seu Algoz numa resposta a um comentário então:
            “Cara, Eu não estou defendendo o Jael pelo que ele está jogando. Defendo o ser humano que tem sido trucidado antes mesmo de entrar em campo. Esquecem que o cara está há 8 meses parado e que precisa voltar a ter ritmo de jogo.
            Ele está longe de ser um craque mas é desumano o ataque que está sofrendo.
            Sim. O 10 para ele foi uma provocação”

          • Luis Augusto Waschburger

            sim. Claro que não foi pelo futebol apresentado.
            Foi uma provocação àqueles que criticam o jogador.
            Mas não uma ironia.
            Foi uma defesa do atleta.
            É isto que me preocupa.
            Mas fico por aqui… não curto muito ficar discutindo o que os outros pensam.
            Só me preocupei pela relação dele com o Ico, o que poderia ser um indício da inscrição do atleta na LA.

        • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

          Sim, isso foi evidente demais.

  • wilson santos

    Jael não tem culpa de não ter nível para jogar no Grêmio, culpado eh quem contrata e quem poe pra jogar.
    Ilgo, se não tem dinheiro e oferecerem Sergio Ramos, Humels e Werley, o certo seria nao contratar ninguém.

    Cristian foi discretissimo, não sei se ele terá vigor físico pra atuar em alto nível.

    Sem o Nandinho o time foi mais coletivo e criou varias oportunidades de gols, Everton participou de quase todas atividades ofensivas, foi muito bem.

    Destaque para Patrick, jogador habilidoso, bom chute e boa movimentaçao…ele, Jean Pyerre e Dionathã são bons jogadores, vao dar muitas alegrias à torcida.

  • Deny Camargo

    A grande notícia do jogo de ontem foi que o Grêmio finalmente voltou a ter produção ofensiva. Nos últimos jogos passou a impressão de que nunca mais faria um gol.

    O gol do Beto da Silva mostrou a virtude que mais aprecio em um atacante que é nunca desistir da jogada. O atacante pra mim sempre tem que acreditar na falha do zagueiro, no rebote do goleiro, e que o goleiro vai espalmar o penalti e a bola vai sobrar pra ele.

    O que mais me irrita no futebol é quando o atacante perde o gol porque não esperava que a bola fosse sobrar pra ele. Aliás pra mim só existem 2 tipos de atacantes: os que tem tesão pelo gol, muitas vezes chegando a ser fominhas, e os que tem medo da bola, evitam chutar a gol, e se “livram” da bola passando pro companheiro mesmo quando estão em situação favorável pro arremate. Geralmente os do primeiro grupo é que compõem times vencedores.

    Com relação ao Patrick não inscreve-lo para colocar o Jael é desafiar os deuses do futebol. E sabemos que isso nunca acaba bem…

  • Fabiano Adamy

    Ilgo,
    Aquela bola aos sete minutos de jogo era a chance do Jael mostrar que sabe fazer gol; talvez seja a ansiedade por fazer o primeiro, mas ele perdeu uma grande chance de se mostrar útil.
    Quanto à contratação dele, apesar da sua ironia ainda acho que era desnecessário contratá-lo. Renato o quis porque queria um centroavante de área, não por ele ser a única contratação ao alcance da tesouraria. Ao mesmo tempo em que o trouxemos mandamos Guilherme para o Botafogo, onde ele tem se mostrado mais jogador e mais útil do que o Jael aqui. Não seria melhor ter segurado a promessa do que trazer alguém que sabidamente não daria retorno? Lembrando que Jael fracassou no glorioso Joinville e estava indo jogar a terceira divisão…

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Fabiano SC, também acho que Jael foi um erro do Odorico aceito pelo Renato, mas acho que os três inscritos serão Cícero, Christian e Patrick, pois o Jael não pode jogar na Elite, nem no lanterna do Z4.

  • Daniel Scherer

    O jogo mostrou que dá sim para termos um time organizado e com padrão mesmo não tendo os titulares a disposição, basta colocar os jogadores onde eles rendem, e neste caso mérito ao Renato que enxergou isso (ou pelo menos não teve como fazer diferente).
    Léo Moura na lateral e Ramiro onde ele pode render, tanto que a primeira chance de gol foi uma infiltração dele, pifando o Jael (que teve sim a chance clara e nítida de fazer gol, e mostrou que não tem como se fardar, foi só o que ele fez no jogo, perder o gol).
    Então com as peças nos lugares certos, Renato mostrou que o time pode ter um rendimento bom, como no primeiro tempo que era para ser uns 3×0, não fosse o Cavalieri, embora muitos creditem somente a erros dos atacantes do Grêmio, e nunca vêem méritos nos adversários. Mas isso é opinião e não discuto.
    Segundo tempo foi mais equilibrado e a saída do Christian impactou neste sentido. Eu gostei bastante dele, e deve ser dado o desconto de quase 1 ano sem jogar, por isso em alguns lances pareceu lento e fora de ritmo, dando bote errado, mas deu para ver que tem passe qualificado. É um bom reserva para o Michel.
    E o gol, (para muitos um gol feio, gol espírita) é apenas a velha máxima do futebol, a banca paga e recebe. O Corinthians vai ser campeão com uns 200 gols deste tipo, e tenho certeza que a torcida deles não tá nem aí.
    Resta agora esperar os lesionados (principalmente Luan pois já vai quase 1 mês sem jogar e precisa pegar ritmo quanto antes) e que Renato coloque os melhores em campo.
    Sobre os guris, Patrick tem bola e mostrou ontem (fez um gol que foi anulado e uma cabeçada que Cavalieri fez a defesa) o porque que deve ser inscrito na LA, colocar Jael será um erro tremendo. As outras vagas devem ser do Cícero e do Christian.
    Éverton ontem em alguns momentos foi irritante, mas ao mesmo tempo não se escondeu do jogo e foi quem mais tentou marcar, então para mim ele está na frente do Fernandinho como opção para iniciar.

    • Luis Augusto Waschburger

      Concordo com tudo!

      • Detective

        Eu, também.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Grande Daniel, perfeita visão, e se fosse eu quem tivesse escrito tantas verdades, viria um ”sábio” aqui para dizer que sou um Fake do Daniel Scherer, mas tem tempo ainda, pois ainda são 15h02m. Aguardemos.

      Sobre os bons guris, amigo, acrescento ainda (Link abaixo) esta visão do site Globo Esporte de 21/06/2017 que investigou como a base do Grêmio vem sendo tão bem trabalhada e revelada à partir de setembro/2016 com o trabalho iniciado em 2014. Pois é, por isso admiro quando tu criticas e elogias nas horas certas …..

      Abraço e boa semana.

      https://globoesporte.globo.com/rs/futebol/times/gremio/noticia/em-alta-arthur-segue-passos-de-luan-e-engrossa-time-de-joias-do-gremio.ghtml

  • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

    Grande Heraldo, eu li ontem essa paródia ”plantada” e me senti ”até” importante com aquela mensagem ”enviada pelos meus ardorosos fãs” ao ótimo Blog de resistência à ”IVI” do bom Ricardo Wortmann para ele me homenagear com aquela ”publicação”, amigo.

    Mas não me senti homenageado de jeito nenhum, pois eu nunca enviei ”um email” se quer ao Corneta do RW e o cara para mandar mais de 5.200 emails para um Blog conforme mandaram ele escrever, precisa odiar demais a linha de existência do mesmo e não é o meu caso, pois leio o RW ”todos os dias” e sempre concordei com tudo o que ele resiste por lá mesmo nas horas em que ele dá atenção para a urubulândia batizada pelo Ilgo Wink.

    Mas o Gubermann ”consertou a cagada” e esclareceu o que é que alimenta a urubulândia com suas mentes intestinais nas redes sociais que são os ”Guardiolas e Mourunhos” nos dois últimos parágrafos de sua coluna dominical, aí, já fiquei satisfeito.

    Amigo, realmente 15 anos foi muito pouco para a urubulândia que quer agora ganhar seis Taças em cada três ou quatro disputadas, e eu entendo essa ojeriza ao clube e sua gestão desde 2014, mas eu realmente não me importo com a politica do clube. OREMOS ….. !!!!!

    Abraço, boa semana, e viva a harmonia do equilibrado & ótimo Blog do Ilgo.

  • Davi Calil

    Tava esperando tua coluna pra escrever sobre o jogo de ontem. Como é bom estar certo né, aliás, coisa rara. haha… O Grêmio jogou bem ontem. Jogou como o Grêmio que nos acostumamos nesses 2 anos. Sem invenções. Sem Luan, joga Patrick. Ramiro ou Fernandinho na direita. Everton ou Arroyo na esquerda. Jael, nem no banco. Não foi mágica, apenas manteve a característica do que vinha dando certo. Algo que insistíamos aqui, nesse debate em prol do Grêmio.

    Patrick é a grata surpresa. Mas, diferente de ti Ilgo, não acredito que será inscrito pra L.A. Uma pena. O Grêmio precisar melhorar no aspecto cria da base x medalhões. Mas, estamos melhorando nesse sentido. E o Renato é o tipo de técnico que dá oportunidades aos mais novos. Veremos.

    Everton é um caso a ser estudado. Teve chances. Foi titular com Roger. Voltou pro banco. Entrou bem em alguns jogos, outros não fez nada. Fez gol decisivo. Também perdeu pênalti decisivo (tudo bem, ainda é guri). Mas é muito irregular. Ao mesmo tempo que dá assistências. Faz jogadas bisonhas, como os gols perdidos ontem. Não acredito que será melhor que PR32, por 2 motivo. Função tática e movimentação. Ambos os aspectos Pedro é melhor. E por questão de característica Everton não vai aprender o segundo. Pedro dava opção pra assistências, fazendo o ‘facão’. Everton por confiar no seu chute, abre pra lateral. Logo, pra ficar bom, vai ter que aprender a fazer gols de média distância (semelhante ao Fernandinho) e não cara a cara como o PR32 aprendeu. E isso é mais difícil. Mas com 21 anos pode evoluir.

    Cristian e Cícero, são ótimos volantes pra nível de brasileirão. Cristian em forma e bem treinado, acredito render melhor que Michel. Logo, há banco pro ano que vem. Cícero pode fazer o 3º homem de meio, mas a concorrência ali, ou mesmo como 2º volante com Maicon ou Arthur é desleal. Mas pra grupo, é excelente. Não sei se Arthur fica pro ano que vem. Caso não, já temos reposição. A diretoria do Grêmio já pensa em 2018, isso é muito bom.

    E o Grohe que tantos odeiam. Nem vale a pena falar do óbvio. Enquanto não surgir um van der sar nas categorias de base, ou em algum time de menor expressão, ele é nosso titular incontestável. E não perde nada pros que tão empregados em grandes times da séria A.

    Uma leve consideração, Fluminense tá em queda livre, logo, veremos se o nosso futebol está voltando no próximo jogo contra o Cruzeiro. Tomara. Saudações tricolores.

  • Fábio Viana

    Sobre o post, a única ressalva é que Jael teve oportunidade. Uma chance de dificuldade média para baixa, que acabou evidenciando a sua insuficiência técnica para ser titular.

    Mas gostaria de pegar o gancho do último post “Técnicos que quero ver longe do Grêmio” para revelar um pensamento aos amigos. Primeiramente, que o Mano tenha vida longa no Cruzeiro ou em qualquer outro time, desde que bem longe da Arena. Que futebol insuficiente, diria, 2 anos de futebol medíocre no Cruzeiro.

    É o seguinte, rápida avaliação dos 2 últimos brasileiros, acredito que alguns técnicos tenham “encerrado” suas carreiras, ou encomendado o fim delas. Pelo menos assim deveriam consider nossos “competentes” dirigentes.

    2016
    This is the end:
    Quem definitivamente encerrou a carreira em 2016 para nunca mais voltar foi o “aclamado” texano C. Roth. Esse nunca mais deveria pisar em uma casamata no Brasil. Deveria investir na carreira de técnico no O.Médio, China ou Japão. Os argumentos para considerar o seu fim nem precisam ser elencados.

    Começo do fim – Três treinadores começaram seu sepultamento em 2016, são eles:
    1)P. Autuori – Conseguiu azeitar o time do Patético, fez dele um leão na Baixada e um gatinho fora dela. Incompetente para fazer o time apresentar um futebol digno fora de seus domínios, mas ganhou de presente a vaga na LA e por ser “gentleman” seguiu no cargo.
    2)C. Broges – Caiu no Atl.-PR e depois teve a missão de tocar o trabalho de Tite no Timão, mas não completou 3 meses no cargo e praticamente destruiu o trabalho do Adenor.
    3)M.Oliveira – Vindo de título da CB2015 com o Plameiras, foi eliminado na 1ª fase da LA. Depois assumiu o Galo e armou aquele arremedo de time, para nossa sorte, sendo demitido em meio às finais da CB2016.

    2017(até agora)
    Fim:
    1)P.Autuori – Apesar de passar das fases iniciais da LA, o leão da Baixada se tornou o gatinho da Baixada e fora dela. Apesar de estar no clube que tenha, talvez, a melhor estrutura para um treinador no futebol brasileiro, só sabia reclamar. Do calendário, das viagens, do gramado dos outros, do clima, do vento, do alinhamento das estrelas, sempre transferindo responsabilidades. Mais um que deveria ir para o exterior e voltar só depois de aposentado.
    2)M.Oliveira – Outrora ídolo da torcida do Coxa, assumiu o time com a missão de arrumar o time e salvar do rebaixamento, mas durou pouco mais de 2 meses e não conseguiu fazer nada de útil, foi sem deixar saudades.
    3)C.Borges – Assumiu o Vasco e não conseguiu dar padrão ao time e nem completou 4 meses, sendo que desempenho pífio foi só jogando o Estadual do Rio.

    Começo do fim:
    1)R.Micale – Depois de sobrevida após o ouro olímpico, assumiu pela primeira vez um time grande e, sucumbiu. Com trabalho contestado já durante a campanha do ouro olímpico, em que muitos creditam o crescimento do time durante a competição graças a intervenção de Tite, conseguiu a proeza de não classificar a seleção sub-20 para o Mundial 2017. Contratado pelo Galo tinha a missão de tentar organizar o time de “estrelas”, mas a falta de experiência e de gestão de grupo pesou e Micale não acresentou nada em 2 meses de clube.

    Como nossos dirigentes ainda carecem de competência e qualificação, acredito que ainda veremos esses nomes nas casamatas dos times pelo Brasil.

    Abraço.

    • José da Silva – COPIÃO DE TUDO

      Bom conteúdo, Fábio, e lembro de nomes que surgiram como promessas por causa de ”ótimos trabalhos” e que também sucumbiram mesmo ganhando alguns títulos, e ninguém mais fala deles:

      Eduardo Amorim, Marco Aurélio, Jair Picerni, Péricles Chamusca, Wagner Mancini, PC Gusmão, Ney Franco, Silas, Eduardo Batista entre outros.

      Só lembrando que aqui ”na aldeia” fracassaram Argel, Falcão, Dunga, Fernandão (in memórian), Clemer, Zago e todos no mesmo time onde ”todos” tinham o perfil europeu conforme diz a IVI. Pois é.

      PERGUNTINHA: qual seria o nome certo para o Grêmio em 2018 ?????

  • Ancião Imortal

    Sobre o tal “inferno zodiacal”, gostaria de lembrar que, por exemplo, teve ate epidemia de caxumba acometendo os melhores jogadores do nosso time na fase mata-mata da LA. Este ano, no meio das competições, teve venda e dispensa de bons jogadores, série de lesões de jogadores descansados, e alguns cansados. Isso para não falar de anos passados. Temos mesmo de acreditar no sobrenatural, ou então poderíamos pensar em aperfeiçoar/modernizar os setores que cuidam da parte física e médica dos atletas.

    • Lillian Moraes

      Temos muitos e importantes títulos.
      Mas um que não queremos reconhecer (porque nos envergonha e prejudica demais): o de PIOR DEPARTAMENTO MÉDICO de um time profissional do mundo.

      Desde o episódio da caxumba e por jamais recuperar um atleta antes ou no prazo previsto, não há como negar a comprovada e reiterada incompetência nesta área.

      Será que há alguma avaliação disso dentro do Grêmio??? De quanto prejuízo esta notória incompetência já nos causou?